Por acaso você leu alguma coisa e ficou meio confuso com o significado? Não esquenta. É que o mundo cervejeiro tem todo um idioma a parte. Se você ama beber cerveja e quer levar mais cultura para o churrasco com cerveja do seu final de semana, vale a pena olhar nosso glossário. Compartilhe à vontade.

Abv:
É alcohol by volume, e indica a graduação alcoólica.

Adjunto:
Cereais não maltados adicionados.

Ale:
Um tipo de cerveja produzida por fermentação de superfície. É o nome genérico das cervejas no Reino Unido. Ainda hoje, em alguns lugares, pedir uma “Ale” é pedir uma cerveja comum.

Alt bier:
Cervejas com alta fermentação, pelo método alemão tradicional.

Alta fermentação
Processo de fermentação que acontece no topo do mosto.

App:
Álcool por peso. Também similar a graduação alcoólica.

Baixa fermentação:
Fermentação que acontece na base do mosto.

Barley wine:
Cerveja envelhecida num processo similar ao do vinho. Comum nas Strong Ale.

Bock:
Cerveja mais encorpada, produzida por alta fermentação, indicada para tomar em temperaturas mais frias. Usada para ‘aquecer’.

Buquê:
Ou bouquet, sensação produzida por um mix de aromas na cerveja.

Caramelo:
O que se obtém depois do aquecimento do açúcar. Confere cor e sabor por meio da caramelização do malte empregado nas cervejas.

Carbonatação:
Efervescência natural da cerveja.

Cereal:
De onde vem o malte usado para as cervejas. Bons exemplos são trigo, trigo sarraceno, aveia, sorgo, milho, cevada, centeio, arroz, soja e até quinoa.

Cerveja premium:
Cervejas que usam produtos mais refinados.

Cerveja puro malte:
Só tem malte de cevada, lúpulo, levedura e agua.

Cerveja seca:
Cujo gosto não permanece muito tempo na boca.

Cerveja verde:
cerveja não maturada, recém-fermentada.

Cervejeiro:
Quem faz a cerveja. Formula como deve ser. É também o mestre cervejeiro.

Clarificação:
período após a fermentação que reduz os sedimentos na cerveja

Colarinho:
Espuma da cerveja que fica na parte alta do copo.

Draft Beer ou Draught Beer:
Cerveja armazenada em barris, chope.

Drinkability:
Traduzido também como ‘bebabilidade’ se refere ao quanto a cerveja é saborosa e agradável ao paladar.

Dry Hopping:
Método que adiciona mais lúpulo a cerveja, na fase fermentação ou maturação.

Envelhecimento:
É feito em cervejas muito fortes, ajuda a desenvolver gostos e aromas de frutas.

Homebrewer:
Um cervejeiro caseiro.

IBU:
International Bitterness Unit, unidade internacional de amargor.

IPA:
Abreviação de India Pale Ale. Contém mais lúpulo.

Lager:
cervejas de baixa fermentação.

Lambic:
cervejas que passam por fermentação espontânea

Lei da Pureza:
Também conhecida como Reinheitsgebot. A lei de 1516, só permitia a fabricação de cervejas com malte de cevada, água e lúpulo. E reformulada em 1906, para acrescentar a levedura. É atualmente simbólica.

Levedura:
Micro-organismos que causam a fermentação a partir do açúcar

Lúpulo:
Ingrediente da cerveja, é um bom conservante, e confere amargor e aroma à cerveja.

Maltagem ou Malteação:
Processo que leva a germinação e secagem do cereal, preparando o malte da cerveja.

Malzbier:
Cerveja geralmente escura, doce e aromática.

Maturação:
Amadurecimento da cerveja

Off-flavors:
Sabores indesejados na cerveja. Comum ter gosto de ovo podre ou papelão.

Retrogosto:
A sensação que fica na boca após degustar a cerveja.

Teor alcoólico:
Concentração de álcool na bebida, que pode ser medida em percentual do total do volume (% apv) ou do peso do líquido (% app).

Textura:
Percepção quanto a densidade e viscosidade da cerveja.