É uma cerveja de baixa fermentação, ou também de fermentação a frio, em cerca de 6 a 12ºC. Tem um teor alcoólico variando entre 4% e 5%, e estão, atualmente, entre as mais consumidas no mundo.

Nos EUA, assim como no Brasil, são as preferidas, vão do almoço de domingo ao churrasco. Do carnaval, à balada. São leves e servidas ‘estupidamente geladas’, como a Brahma, Skol…

Peraí… pode ser que você tenha reparado que algumas das cervejas citadas levam o nome de Pilsner no rotulo. Isto levaria um post todo à parte, neste só vamos mostrar algumas Lagers. Mesmo que para isto seja preciso explicar porque tem tanta cerveja Lager sendo vendida como Pilsner.

Então, cerveja Lager é a mesma coisa que cerveja Pilsner?

Não, não é a mesma coisa. Uma cerveja pode ser Pilsner, e Lager. Um é família, e outro é estilo. Confundiu mais? Ok, eu entendo. Já vou explicar. Vamos voltar só um pouco no tempo.

Pilsner é um tipo de cerveja que surgiu há pouco tempo. Antes, o que haviam eram as Lagers, entre outras. Antes disto, as cervejas eram bem diferentes do que conhecemos. Eram ora muito doces, ora muito escuras e turvas. Sem um padrão, e com preços e qualidades questionáveis.

Lager significa ‘armazém’ em alemão. Calma, não mudei de assunto. É que quando a Pilsner foi criada, lá em Plzen, as cervejas produzidas na cidade eram todas…Lagers. Na época, as cervejas eram ‘sazonais’. Assim, todos faziam suas cervejas e guardavam em armazéns. Lagers.

Na verdade, tem um post falando mais sobre isto aqui. Pode ir lá dar uma olhada. Em partes, a maturação em barris por semanas, ajudou a clarear a cerveja, e criar o estilo Pilsner. Os barris ficavam guardados em armazéns frios, escavados sob a terra. Viu, como pode ser um e outro?

Uma Pilsner pode ser também uma cerveja Lager

Então, sim, você pode tomar uma Pilsner que seja:

“uma cerveja de baixa fermentação, ou também de fermentação a frio, a cerca de 6 a 12ºC, com um teor alcoólico variando entre 4% e 5%” …como falamos acima. Porém, não pode tomar uma American Lager e chamar de Pilsner, pela lei de pureza original.

Uma cerveja Pilsner, é também puro malte. Não tem aditivos, nem adjuntos, e não traz escrito no rótulo “cereais não maltados”. Por acaso, um misto que pode conter milhos, arroz, entre outros.
Pilsen de verdade, segue o Reinheitsgebot, e só usa:

  • Malte De Cevada;
  • Lúpulo (o original é Lúpulo Saaz);
  • Água;
  • Levedura (a grande sacada deste estilo).

É só olhar no Rotulo e ler o que está lá…

Na imagem, temos a descrição original, como aparecia no site no dia do print.

Cerveja Brahma lata

Entre os Ingredientes você pode ver cereais não maltados, agua, malte de cevada e lúpulo.

A Skol, também tem água, malte, cereais não maltados, carboidratos e lúpulo, além de antioxidantes e estabilizante. Percebe como não podem ser Pilsen, mesmo que no rótulo esteja escrito assim?

Cerveja Lager e o IBU

Uma definição importante quanto ao que é Lager, é que ela tem um IBU de até 15. IBU é uma classificação de amargor, a tradução é Unidades Internacionais de Amargor.

É curioso notar também que as cervejas Pilsner tradicionais são mais amargas. De modo geral, o IBU de uma Pilsner começa em 25.

Como as American Lagers são feitas para serem mais refrescantes, elas são mais suaves. Em grande parte, é por causa dos aditivos. O percentual de cereais não maltados, como trigo e milho, por exemplo, acaba sendo próximo de 40%. Isto deixa a cerveja mais barata.

Acredite, além da Pilsner, ainda há ouros estilos de Lager. Steinbier, Bock, Dunkel, Rauchbier, Vienna e Schwarzbier são só alguns.

Veja as American Lagers (e Pilsner) mais populares

A cervejas American lagers são um grupo bem diversificado, há quem chame de genérico. É que neste grupo você encontra cervejas com grande variação de pureza. Em geral, são transparentes, ou melhor, translucidas. Algumas tem mais milho, outras mais malte de cevada. Confira:

  1. Bohemia;
  2. Bavária Premium;
  3. Schiehallion;
  4. a queridinha Heineken;
  5. Budweiser;
  6. Brahma;
  7. Skol;
  8. Itaipava;
  9. Kaiser;
  10. Antarctica.

É melhor deixar os rótulos de lado…Considere que, o nome Pilsner é usado de modo diferente nas cervejas lagers. Quando tem mais que só os quatro ingredientes básicos, é um lembrete da clareza da cerveja. Uma referência a cor dourada e limpa que apareceu pela primeira vez numa Pilsner. 🙂

Agora perca a timidez e diga qual a cerveja Lager que mora no seu coração.